TRÊS PESSOAS FORAM PRESAS E 28 DETIDAS SUSPEITAS DE FRAUDES

A polícia descobriu que as três pessoas que foram presas usavam documentação falsa para fazer provas do DETRAN de Goiás.

A delegacia de polícia de Águas Lindas de Goiás ficou lotada na manhã deste domingo (12/02) de pessoas que foram detidas suspeitas de participar de um esquema de fraude na hora de fazer a prova escrita do DETRAN de Goiás. Segundo informações da polícia, as três pessoas presas cobravam de clientes de auto-escolas para fazer a prova no lugar dele e chegava a cobrar R$ 2, 500 em dinheiro.

Segundo o diretor do CIRETRAN de Águas Lindas de Goiás Ubiratan Sampaio, algumas pessoas usavam o endereço errado só para provar que mora em Águas Lindas e assim tirar a carteira no Goiás, a maior do DF.

A denúncia partiu do anonimato e foi feita a polícia civil de Águas Lindas que realizou a operação que resultou na prisão de três pessoas e a detenção de mais 28. A maioria foram ouvidas pela polícia e logo em seguida liberadas, as três pessoas presas vão responde por falsidade ideológica além de falsificação de documentos.